FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES

Agronegócio: conheça a importância da análise de solos

O agronegócio é um dos principais responsáveis por movimentar a economia mundial. No Brasil, o faturamento bilionário nos setores da agricultura e pecuária é possível pelo avanço tecnológico e investimentos em pesquisa e inovação.

Para atender a produção de alimentos em escala mundial, é necessário garantir que os produtos de origem no campo tenham níveis de produtividade altos. Nesse ponto, a análise de solos e seus componentes serve como instrumento para gerar condições favoráveis para o desenvolvimento do agronegócio.

Cada vez mais avançada, a análise elementar do solo contribui não apenas para o crescimento da produção, como para melhoria da qualidade dos processos até os produtos finais. Continue lendo para entender mais sobre este assunto.

O que é Análise de Solos?

A análise de solos é um processo de investigação sobre os níveis de nutrientes no solo, a partir de amostras. Esse processo resulta de um conjunto de instrumentos e técnicas que têm por objetivo principal identificar a necessidade de correção e uso de fertilizantes, tendo em vista melhorar as práticas de manejo e cultivo.

Trata-se de uma análise complementar à realizada visualmente sobre as áreas de plantio, e também anteriormente para que este seja viabilizado. Desta maneira, são feitas análises físicas, químicas e biológicas que ajudam a determinar a concentração de nutrientes, ou mesmo a ausência, que possam prejudicar a nutrição das plantas.

Importância para o agronegócio

Além de orientar a correção, a análise dos solos também influencia sobre a escolha adequada para os tipos de manejo, determinantes para o resultado final em melhor produtividade.

Por meio de técnicas de coletas de amostras simples e amostras compostas, pesquisadores obtêm dados sobre os níveis de calcário, alumínio, fósforo, magnésio, potássio, cálcio, enxofre e outros minerais, além de mensurar a acidez (pH) e a saturação na amostra, entre outras propriedades.

Em suma, a importância da análise de solos para o agronegócio, além de garantir todas as boas práticas recomendadas para cada cultivo, também contribui para potencializar a produção de alimentos e insumos para a indústria.

Aplicações no agricultura

Para avaliar a presença de macro e micronutrientes, as análises podem ser realizadas sazonalmente ou como rotina, considerando aspectos como características de cada região, histórico de adubação e aplicação de fertilizantes, tipos de cultura e afins.

Esses pontos auxiliam na determinação dos tipos de adubo e manejo do solo adequados para cada plantação. Aqui, é importante considerar também que a análise de solos segue padrões interpretativos presentes em tabelas, sem deixar de considerar, claro, a região e o cultivo de interesse para produção.

Ferramentas e tecnologias para análise de solos

Entre os profissionais, engenheiros agrônomos e técnicos agrícolas são os principais responsáveis por realizar a análise dos solos, além de outros que possam ser capacitados para essa finalidade.

Por meio de ensaios laboratoriais e equipamentos, como o analisador de formato e tamanho de partículas e os espectrômetros (destinados à análise química elementar), são obtidos dados que permitem analisar amostras de solos.

Essas ferramentas também podem ser aplicadas em outras etapas da indústria de alimentos. Aprenda mais sobre os processos de controle de qualidade na indústria alimentícia.